Governador Alckmin anuncia última fase da licitação do SUBMERSO

O governador de São Paulo anunciou a publicação do edital comercial da licitação de construção do SUBMERSO – Túnel Santos–Guarujá.

Vencedor será quem apresentar o menor preço

São Paulo, 22 de dezembro de 2014 - O governador de São Paulo anunciou no sábado (20), em Santos, a publicação do edital comercial da licitação de construção do SUBMERSO – Túnel Santos–Guarujá. O ato inaugurou a segunda e última etapa do processo licitatório, iniciado em agosto de 2014. A abertura das propostas ocorrerá em 2 de fevereiro de 2015.

A primeira fase foi a de “Pré-Qualificação”. Nela, oito grupos formados por empresas nacionais e estrangeiras se apresentaram para participar do certame. Para avançar na licitação, os interessados precisavam comprovar capacidade técnica e financeira para realizar a obra. Após a análise da documentação, diligência e julgamento dos recursos, restaram quatro grupos qualificados e aptos a participar da etapa comercial:

- Consórcio Túnel Santos/Guarujá: Odebrecht (BRA), OAS (BRA), Queiroz Galvão (BRA) e Strukton (Holanda)
- Consórcio ISG: Andrade Gutierrez (BRA), CR Almeida (BRA) e Daewoo (Coreia do Sul)
- Consórcio Nova Travessia: Constran (BRA), Mantovani (Itália) e Piacentini Tecenge do Brasil.
- Consórcio Sigma: J. Malucelli (BRA), Salini Impregilo (Itália) e Grandi Lavori (Itália).

O valor estimado do contrato de obras é de R$ 2 bilhões e o prazo previsto para a conclusão, 44 meses. O vencedor da licitação será o consórcio que apresentar o menor preço. A DERSA prevê o início das obras até março de 2015.

O empreendimento já possui licença ambiental prévia e será custeado com repasses do Tesouro do Estado de São Paulo, além de um financiamento já contratado com o BNDES.

Sobre o SUBMERSO
Projetado com tecnologia inédita no País, o SUBMERSO permitirá a articulação do transporte entre Santos e Guarujá, reduzirá o tempo de circulação de veículos, ligará as duas margens do Porto de Santos e contribuirá para a diminuição do consumo de combustíveis e a emissão de gases poluentes. Inovação e sustentabilidade são as grandes características do empreendimento. O túnel será composto de seis módulos de concreto pré-moldado, construídos em uma doca seca no Guarujá. Após finalizados, serão rebocados flutuando até o local onde serão afundados e instalados. O SUBMERSO tem o valor total estimado de R$ 2,8 bilhões (data-base junho/2014), o qual contempla, além das obras, os trabalhos de projeto, gerenciamento, compensações ambientais e desapropriações, entre outros.

 

Mais informações:
DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S/A
imprensa@dersa.sp.gov.br
(11) 3702-8111/16