Nova Tamoios
Acessibilidade A+ A- C

Alckmin dá início às obras da Nova Tamoios Contornos

A Nova Tamoios Contornos criará uma alternativa à SP-055 para o acesso a Caraguatatuba e São Sebastião

Primeiros trechos com intervenções atendem Caraguatatuba

São Paulo, 15 de outubro de 2013 - O governador Geraldo Alckmin deu início nesta terça-feira, 15/10, às obras da Nova Tamoios Contornos em Caraguatatuba. As intervenções serão iniciadas pelos Lotes 1 e 2 do empreendimento, localizados no município. O prazo de conclusão das obras nesses trechos é de 20 meses.

A Nova Tamoios Contornos criará uma alternativa à SP-055 para o acesso a Caraguatatuba e São Sebastião. A nova rodovia, com 33,9 quilômetros, desviará o tráfego de passagem, sobretudo o de caminhões, da área urbana e também os que seguem ao Porto de São Sebastião. O investimento total é de R$ 1,99 bilhão.

O empreendimento, gerenciado pela DERSA - Desenvolvimento Rodoviário S/A, foi dividido em quatro lotes. O Lote 1, com 6,2 km de extensão, ligará a Rodovia dos Tamoios à SP-055, na praia Martim de Sá. O Lote 2, na divisa de Caraguatatuba e São Sebastião, possui 18,4 quilômetros de extensão e está compreendido entre a Rodovia dos Tamoios e o bairro do Jaraguá, no pé da serra de São Sebastião.

Já os Lotes 3 e 4 somam 9,3 quilômetros e finalizam a Nova Tamoios Contornos, ligando a Costa Norte de São Sebastião até o Porto. Estes dois trechos estão em fase de licenciamento. A previsão é de que essas obras comecem em dezembro deste ano e sejam executadas em 36 meses.

Licença de Instalação

As primeiras Licenças Ambientais de Instalação (LI) para a Nova Tamoios Contornos, que correspondem aos lotes 1 e 2, foram emitidas pela CETESB no dia 30/9 e 14/10, respectivamente. Os documentos são necessários para o início das obras.

A Companhia recebeu no dia 4/10 a Certidão de Ocupação e Uso do Solo da Prefeitura de São Sebastião. A certidão permite que a empresa dê continuidade no processo de licenciamento dos trechos restantes junto à CETESB.

O traçado do trecho que atende São Sebastião foi substancialmente revisto. Isso permitiu que os impactos socioambientais fossem reduzidos. Com a mudança no traçado, o número de reassentamentos passará de 809 (quando da obtenção da Licença Prévia) para 263 e o de desapropriações cairá de 177 para 132. A redução do impacto social foi bastante significativa nos bairros de Jaraguá/Enseada, com queda nos reassentamentos de 250 para 65; na Topolândia/Olaria, de 398 para 25, e no Morro do Abrigo, de 161 para 42.

Assessoria de Imprensa
DERSA - Desenvolvimento Rodoviário S/A
Telefone: (11) 3702-8110 a 8116
E-mail: transportes@transportes.sp.gov.br
SECRETARIA ESTADUAL DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES