Serviços
Acessibilidade A+ A- C

DERSA investe R$ 23 milhões em melhorias nas Travessias Litorâneas em 2018

Para 2019, estão previstos investimentos de R$ 54 mi para as Travessias e aplicativo exclusivo para smartphones dos usuários que utilizam o serviço

São Paulo, 18 de dezembro de 2018 – O ano de 2018 termina com um saldo positivo para a Secretaria de Logística e Transportes (SLT), e um dos principais motivos para isso é que o Governo do Estado investiu pesado em melhorias para as Travessias Litorâneas, administradas pela DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S/A. Ao todo, foram R$ 23,3 milhões utilizados em processos de reforma e modernização de seis ferryboats, na recuperação total de três flutuantes e no recondicionamento de motores, reversores, caixas de comando, aquisição de motores e equipamentos sobressalentes.

Para 2019, a previsão é que as Travessias recebam investimentos de mais de R$ 54 milhões, incluindo novas reformas de embarcações e atracadouros, além da aquisição de 32 novos motores. Outra novidade para ano que vem é o aplicativo das Travessias para smartphones, que fornecerá ao usuário o tempo estimado a partir do momento em que ele entra na fila. Além disso, haverá informações sobre quantidade de embarcações em operação, interferências na operação, como força de maré, ventos e passagem de navios pelo canal. Em fase final de desenvolvimento, estará disponível em breve gratuitamente a todos os usuários.

Além dos investimentos nas Travessias, a DERSA trabalhou com ações de restauração florestal no Litoral Norte, como parte da compensação ambiental ao empreendimento Nova Tamoios Contornos. Neste ano, também houve a entrega de unidades habitacionais para famílias que foram reassentadas para a construção do Rodoanel Norte, em São Paulo e em Guarulhos. Parcerias com outros órgãos para beneficiar moradores do entorno dos empreendimentos e a criação de um serviço eletrônico para emissão de Autorização Especial de Trânsito – AET Digital, também estão na lista das ações positivas do ano.

Investimentos e ações positivas em 2018:

Travessia Santos/Vicente de Carvalho

LS-05 - A nova embarcação, construída no município de Navegantes, em Santa Catarina, é feita totalmente em aço, com capacidade para 450 passageiros, foi entregue em 21/9. Cumprindo o determinado em contrato, a reposição da embarcação foi feita pela empresa prestadora de serviços que a operava quando houve um incêndio, sem qualquer ônus à Empresa ou ao Governo do Estado.

Travessia Santos/Guarujá

FB-05 – Foi totalmente remodelada, com investimento de R$ 1,4 milhão. Tem capacidade para 28 veículos e foi entregue em 21/9.

FB-19 – Uma das duas balsas seriamente danificadas por um navio cargueiro no dia 6/5. Passou por uma recuperação completa e foi entregue em 21/9. Os trabalhos de reforma foram custeados pela empresa proprietária do navio. A capacidade da FB-19 é de 50 veículos.

Novo acesso na margem de Santos – Implantado em novembro, o projeto de novo acesso foi elaborado pela Companhia de Engenharia de Tráfego de Santos, em conjunto com a DERSA. As mudanças trouxeram mais fluidez ao tráfego no viário municipal daquela região, eliminando o conflito entre a fila preferencial e o ponto de ônibus do Mercado do Peixe, que era uma antiga reivindicação da população.  Com este novo modelo, o bolsão de veículos em prioridade, que antes comportava apenas oito automóveis, passou a comportar 65, evitando que a fila atrapalhe o tráfego, como ocorria anteriormente. Já a fila normal ganhou mais espaço, já que a avenida da praia passou a ser exclusiva para usuários da balsa, desde o canal 7.

Travessia São Sebastião/Ilhabela

FB-10 – Embarcação totalmente reformada e modernizada, entregue em 2/11, com investimento de R$ 2 milhões. A capacidade dela é de 39 veículos.

FB-28 – A balsa pertencia à Travessia Santos/Guarujá, quando foi seriamente danificada em acidente envolvendo um navio de carga. Após passar por reforma geral, foi entregue para reforçar a operação na Travessia São Sebastião/Ilhabela. A capacidade dela é de 65 veículos.

FB-20 – Segue em processo de reforma e modernização, com investimento de R$ 2,6 milhões. A previsão é que ela seja entregue ainda nesta temporada de verão.

LS-02 – A lancha, que pertencia à Travessia Santos/Vicente de Carvalho, passa por reforma e modernização, com investimento de R$ 3,6 milhões. A previsão é que ela seja entregue até o fim do ano, para dar início à nova travessia exclusiva para pedestres entre São Sebastião e Ilhabela, implantada pela DERSA. Esta embarcação comporta até 370 passageiros por viagem.

LS-04 – Esta lancha é idêntica à LS-02 e também vai passar a operar entre São Sebastião e Ilhabela. Os trabalhos de remodelação foram 50% concluídos, porém a empresa que realizava a reforma não cumpriu com as obrigações legais e, portanto, teve o seu contrato rescindido. Outra empresa classificada na licitação foi convocada, mas não atendeu aos requisitos exigidos em edital. Sendo assim, um novo processo licitatório será aberto para o prosseguimento da reforma, que deverá ser concluída durante a temporada de verão.

Flutuantes – Os flutuantes de atracação passam por reforma, com troca de chaparia e pintura, com investimento de R$ 3 milhões. O flutuante do lado de São Sebastião foi concluído em novembro e o do lado de Ilhabela tem previsão de conclusão até o fim do ano.

Travessia Guarujá/Bertioga

Flutuante Bertioga – O equipamento, entregue em outubro, foi totalmente recuperado, com investimento de R$ 1,5 milhão.

Travessia Cananéia / Ilha Comprida

FB-12 – A embarcação, com capacidade para 28 veículos, passa por reforma e modernização, com investimento de R$ 1,1 milhão. A entrega está prevista para ocorrer ainda nesta temporada de verão.

Nova Tamoios Contornos

Restauração Florestal no Litoral Norte. Em contrapartida ao empreendimento, já foi realizada parte da compensação ambiental prevista. Até o momento, foram plantados 430 hectares, que equivalem a 743 mil mudas, nos municípios de São Sebastião, Caraguatatuba, Paraibuna e São Luiz do Paraitinga.

Em julho, foi assinado um termo de compromisso com a Prefeitura de São Sebastião formalizando a indicação de áreas para execução de parte do plantio compensatório. Em setembro, foi realizado em Paúba, um plantio educativo em comemoração ao Dia da Árvore  e o início da primavera, com a participação de alunos da rede pública de ensino.

Ninhos artificias. Em relação ao programa de fauna da Nova Tamoios Contornos, a Companhia instalou alguns ninhos de madeira como atrativo para as aves, especialmente papagaios. Até o momento foi constatado resultado excelente, já que em um deles, tem um casal de papagaio-verdadeiro com quatro ovos, monitorados remotamente por meio de uma câmera na frente do ninho.

Rodoanel Norte

Entrega de unidades habitacionais em contrapartida ao Rodoanel Norte. Parceria com a CDHU viabilizou em janeiro, a entrega de 178 unidades habitacionais em Guarulhos, 178 famílias foram contempladas. Com esta entrega, todas as famílias da cidade retiradas das frentes de obras para construção do Rodoanel foram atendidas. Em outubro, mais 273 famílias em São Paulo foram contempladas com o sonho da moradia definitiva. O investimento desembolsado para os dois empreendimentos atinge R$ 73,1 milhões.

Incentivo do empreendedorismo em áreas do Rodoanel Norte. Em janeiro, uma parceria firmada com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) ofereceu uma série de eventos que incluíam  consultoria especializada, palestras e oficinas gratuitas a futuros empresários de áreas no entorno do Rodoanel Norte, em São Paulo e Guarulhos. O objetivo foi desenvolver o empreendedorismo na região.

Feira de Profissões em Guarulhos. Em abril, foi realizada a Feira de Profissões em parceria com diversas instituições de ensino para orientar os estudantes de escolas públicas das proximidades das obras do Rodoanel Norte sobre o mercado de trabalho. A organização da Feira foi norteada por diversas áreas da Educação com objetivo de informar e esclarecer dúvidas quanto à escolha profissional.

Outras parcerias

AET Digital. A DERSA e o DER lançaram em abril uma plataforma digital para a emissão da Autorização Especial de Trânsito (AET). O serviço foi um grande passo para simplificar a emissão do documento, reduzindo tempo e o esforço, contribuindo para a melhora do serviço público. Além da rapidez, o usuário será beneficiado com redução de gastos relacionados a deslocamentos e eliminação do serviço de despachantes.