Jacú-Pessêgo
Acessibilidade A+ A- C

Estado entrega 2ª fase do Complexo Jacu-Pêssego Sul

Ligação consolida corredor de tráfego entre o Rodoanel Sul, em Mauá, e zona leste da capital; investimento na obra foi de R$ 93 milhões

O governador Geraldo Alckmin e o secretário de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho, entregaram nesta quinta-feira, 17, a segunda fase das obras do Sistema Viário Jacu-Pêssego. Com investimento de R$ 93,1 milhões do Tesouro do Estado, as obras melhoraram a acessibilidade à Avenida Jacu-Pêssego, deram mais fluidez ao tráfego e mais segurança à população.

"São cinco km, três marginais, ciclovias, calçadas e três passarelas que vão também atender vários bairros aqui da zona leste de São Paulo. E a grande obra do complexo JK, que vai ajudar muito Mauá. O acesso direto de Mauá, Jacu Pêssego ao Rodoanel, a São Paulo; e iniciando uma quarta obra, que fica pronta até julho do ano que vem e beneficia Mauá, beneficia Santo André, beneficia o ABC, beneficia todo o Estado", disse Alckmin. O governador também entregou uma ciclovia de mais de dois quilômetros.

As obras da segunda fase do Sistema Viário Jacu-Pêssego foram coordenadas pela DERSA (Desenvolvimento Rodoviário S/A) e tiveram início em março de 2011, após um processo de renegociação de contratos que culminou na redução do custo da obra em R$ 13,9 milhões.

Complexo JK

O Complexo JK é um conjunto de 2,8 quilômetros de pista sobre alças e viadutos, com transposição da via férrea, bem como os ramos 600, 300, 200 e 100 (interligações) da Avenida Papa João XXIII, no trecho que antecede o acesso ao Rodoanel Sul, no município de Mauá.

O investimento total no Complexo foi de R$ 40 milhões, tendo sido obtida uma redução de R$ 3,9 milhões sobre o valor originalmente orçado para a obra, de R$ 43,9 milhões.

Os viadutos organizarão o tráfego local, facilitando o acesso ao Rodoanel e à Avenida Jacu-Pêssego a partir da região central de Mauá e a partir da Estrada do Guaraciara e rua Luis Varin, também em Mauá.

 

Marginais da Jacu-Pêssego

Com o intuito de segregar o tráfego local do tráfego de passagem (via expressa) e melhorar a acessibilidade aos moradores dos bairros lindeiros, foram implantados 4,8 quilômetros de vias marginais à Avenida Jacu-Pêssego, nos bairros Jardim Vitória, Jardim da Conquista e Jardim Paulistano, na zona leste da Capital.

As marginais estão situadas entre a Avenida Sapopemba e o viaduto Cohab (nos dois lados do eixo central), entre o trevo da Ragueb Chohfi e a estrada da Servidão, e entre a alça de acesso ao viaduto Pedro de Medeiros até a Avenida Sapopemba (no sentido Rodovia Ayrton Senna).

Essas obras receberam o investimento de R$ 47,5 milhões do Estado e foram autorizadas após a revisão dos contratos, que resultou em uma redução de R$ 10 milhões sobre o valor original.

No intervalo compreendido entre a Avenida Ragheb Chohfi e a Estrada da Servidão foi implantada uma ciclovia com 2,2 quilômetros e custo de R$ 1,2 milhão. A DERSA também construiu e está entregando três passarelas para garantir a segurança na travessia de pedestres. Elas estão localizadas no Jardim Iguatemi, no Jardim da Conquista e Jardim Nova Conquista. O investimento nas três passarelas foi de R$ R$ 4,4 milhões.

Companhia da Polícia Militar

Com objetivo de contribuir com a segurança pública da região, a DERSA cedeu para a 2ª Cia. do 2º Batalhão da Polícia Militar Metropolitana as edificações utilizadas durante a gestão do empreendimento. No imóvel, foi instalada a sede de uma companhia da Polícia Militar.

Estrategicamente localizada, a unidade permite acesso direto da polícia à Avenida Jacu-Pêssego, a aproximadamente 700 metros do viaduto Pedro Medeiros, no Jardim da Conquista.

Interligação com Avenida dos Estados - Terceira Fase

Em junho de 2011, o governador Geraldo Alckmin autorizou o início da execução das obras de Interligação do Sistema Jacu-Pêssego com a Avenida dos Estados. As obras consistem na construção de dois viadutos (Capuava e Comendador Wolthers), pavimentação da Avenida Rosa Kasinski, melhorias na Alberto Soares Sampaio e no viário local.

O investimento total previsto é de R$ 85 milhões, considerada a redução de R$ 14 milhões obtida após nova etapa de renegociação do contrato. Atualmente, cerca de 45% das obras previstas já foram realizadas e o projeto tem previsão de conclusão no primeiro semestre de 2012.

Histórico do Complexo Jacu-Pêssego

Em 27 de junho de 2008, o Governo do Estado de São Paulo inaugurou o trecho de ligação entre a Avenida Jacu-Pêssego e a Rodovia Ayrton Senna (SP-070). O trecho, com aproximadamente 2 km, e duas alças de acesso, permite uma ligação direta entre a rodovia e a avenida, garantindo uma integração maior e mais rápida com a região central da cidade, a Marginal Tietê e os municípios a leste da Região Metropolitana de São Paulo.

Os motoristas que deixam a Avenida Jacu-Pêssego podem acessar a Ayrton Senna tanto no sentido Rio de Janeiro, como no sentido ao centro da capital. Para tanto foram investidos R$ 368 milhões (R$ 185 milhões do Tesouro do Estado, R$ 119 milhões da Prefeitura de São Paulo e R$ 64 milhões da União). Os recursos foram investidos na construção de pontes, viadutos, sinalização, pórticos, defensas e iluminação, além de um prolongamento entre a Avenida Frei Fidelis Mota (no final da rua Dr. Assis Ribeiro) e a rodovia Ayrton Senna (SP-070).

A primeira etapa do Sistema Viário Jacu-Pêssego foi inaugurada em outubro de 2010. Foram executados 13,6 quilômetros, com três faixas de rolamento de cada lado, um canteiro central de seis metros, calçadas, guias, sarjetas e baias para parada de veículos a cada quilômetro, sinalização, iluminação, elementos de segurança e paisagismo. Foram executados 20 viadutos, um túnel sob os dutos das Petrobras e duas passarelas tubulares.

Nessa fase, foram concluídos o eixo principal do Viário Jacu-Pêssego Norte, a duplicação da Avenida Papa João XXIII, em Mauá, e o trevo da Avenida Ragueb Chohfi, em São Mateus, zona leste da Capital. A implantação dessas novas vias consolida o corredor de tráfego do Rodoanel Sul, no município de Mauá, por meio da duplicação da Avenida Papa João XXII, com a Avenida Jacu-Pêssego e rodovias Ayrton Senna e Dutra, em Guarulhos, e também toda a zona Leste de São Paulo.