Travessias
Acessibilidade A+ A- C

DERSA lança aplicativo das travessias litorâneas para sistema IOS

DERSA lança aplicativo das travessias litorâneas para sistema IOS

São Paulo, 18 de abril de 2019 - O aplicativo das Travessias Litorâneas para smartphones ganhou nesta quinta-feira (18) a versão para sistema IOS. Lançado oficialmente em 28/2 pela DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S/A, o app estava disponível apenas para usuários do sistema Android e teve, até o momento, mais de dois mil downloads. Com ele, é possível ter acesso a diversas informações, em tempo real, das Travessias Litorâneas do Estado, administradas pela companhia. A ferramenta permite que o usuário programe antecipadamente a viagem e possa optar, eventualmente, por rotas alternativas, caso não queira utilizar as balsas.

 

Durante a Operação Páscoa 2019, a expectativa é que 263.819 usuários utilizem os serviços administrados pela DERSA no litoral norte, centro e sul, sendo 133.159 veículos, 40.095 bicicletas e 90.565 pedestres.

O maior movimento é previsto para a Travessia Santos/Guarujá, onde são esperados mais de 122 mil usuários, sendo quase 95 mil veículos. Em seguida, vem a Travessia São Sebastião/Ilhabela, com previsão de mais de 51 mil usuários, sendo mais de 23 mil veículos.

 

Para ter acesso ao aplicativo é só baixar o app no aparelho celular através Google Play, para quem dispõe do sistema Android, e pela App Store, para quem dispõe do sistema IOS, na plataforma da marca Apple.

 

São fornecidas informações sobre tempo de embarque, condições climáticas, quantidade de embarcações em operação, valores das tarifas e pesos permitidos para cada veículo, alertas sobre passagem de navios e outros fatores que interfiram na travessia. Os usuários também poderão visualizar as câmeras de monitoramento de cada sistema.

 

Pesquisa

O aplicativo das Travessias surgiu após uma recente pesquisa encomendada pela DERSA, que apontou que 59% dos usuários das Travessias Litorâneas buscam informações através do site da Empresa. Desses usuários, 87% utilizam aparelhos celulares para acessar o conteúdo, o que mostrou clara necessidade de um app, com layout e operacionalidade próprios para este meio.